NAVEGANDO PUBLICAÇÕES 

Uma Editora vinculada ao Grupo de Estudos e Pesquisas "História, Sociedade e Educação no Brasil" - Histedbr - voltada à publicação de e-books para distribuição gratuita e livros impressos sobre temas científicos.

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Google+ Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Pinterest Social Icon
  • Instagram Social Icon

Coleções

“Terceiro setor”, educação e hegemonia: uma análise da ação estratégica do “terceiro setor” e suas implicações político-pedagógica

Sumário

INTRODUÇÃO

 

I - As origens históricas e o debate teórico metodológico sobre o “terceiro setor”

1.1. Estado, sociedade civil e hegemonia: “o palco e teatro da luta de classes”

1.2. A crítica do Estado moderno e a sociedade civil na tradição marxista

1.3. Educação, luta de classes e hegemonia: as contribuições de Gramsci à crítica do “terceiro setor” e suas implicações político-pedagógicas

1.3.1. O Estado ético ou educador e o aperfeiçoamento das estratégias de dominação: do Leviatã de Hobbes ao Centauro gramsciano

 

II - O golpe civil-militar e as raízes do “terceiro setor” no Brasil

2.1. Os “anos de chumbo” e a adequação do Brasil aos interesses do capital monopólico internacional

2.2. Os Movimentos de Educação Popular e a “educação do povo, pelo povo e para o povo”

2.3. “Mas eis que chega a roda-viva e carrega o destino pra lá”: coerção revestida de consenso no comunitarismo em educação dos militares

2.4. A nova pedagogia da hegemonia e o simulacro do consenso no processo de transição tutelada

 

III - A ofensiva neoliberal e o “novo” padrão de intervenção do Estado educador: o “terceiro setor” e suas implicações político-pedagógicas

3.1. A reestruturação produtiva do capital e suas implicações político-pedagógicas

3.2. A emergência do neoliberalismo e o “novo” padrão de intervenção social do Estado educador

3.3. As reformas educacionais neoliberais e suas implicações político-pedagógicas

3.4. O “terceiro setor” e a reestruturação flexível do trabalho escolar

 

IV - O “terceiro setor” e o aperfeiçoamento das estratégias de imposição do consenso neoliberal na educação brasileira

4.1. “Terceiro setor” e regulação social no Brasil: da beneficência ao marco legal do “terceiro setor”

4.2. A “malha entrecruzada” das ações na Região Metropolitana de Campinas

4.3. A Federação das Entidades Assistenciais de Campinas (FEAC)

4.4. Do “aprender a aprender” à pedagogia corporativa: fundamentos político-pedagógicos da FEAC

4.5. De Paschoal a Lemann: a FEAC e os intelectuais orgânicos da “nova” pedagogia da hegemonia

 

CONCLUSÃO

“Terceiro setor”, educação e hegemonia: a nova estratégia do Estado educador neoliberal na imposição do consenso

 

REFERÊNCIAS

 

Sobre o autor