NAVEGANDO PUBLICAÇÕES 

Uma Editora vinculada ao Grupo de Estudos e Pesquisas "História, Sociedade e Educação no Brasil" - Histedbr - voltada à publicação de e-books para distribuição gratuita e livros impressos sobre temas científicos.

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Google+ Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Pinterest Social Icon
  • Instagram Social Icon

Coleções

O ensino vocacional no Brasil: a experiência da Escola de Aprendizagem Industrial Américo Renê Giannetti  

(Uberlândia 1962 – 1982)

 

 

Sumário

Prefácio

Wenceslau Gonçalves Neto

 

Introdução

 

CAPÍTULO I

Aspectos políticos educacionais da sociedade brasileira (1822-1982)

1.1 A educação brasileira no Império

1.1.1 Os Liceus de Artes e Ofícios: primeiras iniciativas da escolarização técnica

1.2. Educação brasileira no Período Republicano

1.2.1 A educação no governo Vargas

1.2.2 O início da sistematização na educação brasileira

1.2.3 A administração pública planejada: governo Juscelino Kubitschek

1.2.4 Ditadura militar e novas reformas na educação brasileira

 

CAPÍTULO II

A escola técnica vocacional e o ensino profissionalizante no contexto da história da educação brasileira (1900-1982)

2.1. Relação educação-trabalho na sociedade capitalista

2.2. Os modelos de produção fordista e taylorista e currículo nas escolas técnicas

2.3 Os pioneiros da educação nova no Brasil e a escola voltada para o trabalho

2.4. A industrialização brasileira e a educação profissionalizante

2.4.1 Escola de Aprendizes e Artífices

2.4.2 Escolas técnicas em São Paulo e no Rio de janeiro

2.4.3 O SENAI

2.4.3.1 O SENAI em Uberlândia

2.4.4 O SENAC

2.4.4.1 O SENAC em Uberlândia

2.4.5 Os Ginásios Vocacionais

2.5. Ensino técnico profissionalizante na legislação educacional brasileira

2.5.1 As Leis Orgânicas do ensino profissionalizante

2.5.1.1 Mudanças nas Leis Orgânicas

2.5.2 A Lei de Diretrizes e Bases da educação Nacional e o ensino técnico

2.5.3 A reforma do ensino de primeiro e segundo graus

2.5.4 Ensino profissionalizante obrigatório: a experiência chega ao fim

 

CAPÍTULO III

Escola vocacional de aprendizagem industrial Américo Renê Giannetti – Uberlândia (1962-1982)

3.1. A contextualização histórica local

3.1.1 Uberlândia

3.1.1.1 A industrialização como fator de desenvolvimento

3.1.1.2 A proposta educacional em Uberlândia

3.2. Escola Vocacional de Aprendizagem Industrial Américo René Gianetti – Uberlândia (1962-1982)

3.2.1 O princípio

3.2.2 Escola Vocacional em Uberlândia: do projeto à realidade

3.2.2.1 Alterações nas denominações da escola

3.2.3 A proposta pedagógica

3.2.4 Abrangência

3.2.5 O declínio de uma conquista

 

Considerações Finais

 

Fontes de Pesquisa